04 abril 2018

Páscoa 2018. No Forno da aldeia

No Forno da Aldeia acontecem coisas fantásticas e, agora quase só em épocas festivas, mas a Páscoa proporciona momento ricos de gestos e rotinas tradicionais que é uma honra poder testemunhar e partilhar...

 como este de inspeccionar e preparar cuidadamente as folhas de Couve Galega, por quem sabe que sem elas os folares não são a mesma coisa, 
 
E Para além da ajuda de todos os braços disponíveis, são a matéria prima com que se fazem os manjares da Páscoa que se trata com todo o cuidado.
 são eles: a farinha e a água. Na temperatura ideal 

 Em todas as fases o Forno merece uma atenção especial pois tem de estar pronto e no ponto na hora certa. E a experiência de um olhar da pessoas  com mais tempo nestas lides é sempre imprescindível.


Na masseira acontece a mistura dos elementos que vão ser trabalhados à força de braços para que a massa puxe a forma


o forno começa a ganhar cor e a dar calor ao ambiente
 
 e a massa, depois de levedada e trabalhada descansa no "Tendal" para "sossegar".
 Enquanto não se passa à fase seguinte reatam-se as comunicações com o espaço exterior  para saber como o mundo vai lá fora
 e hoje excepcionalmente, ou não, apareceu merenda, umas simples alheiras que aproveitara a boleia da fogueira do pote para saltar na brasa...

 a rotina continua e o forno exige atenção a cada momento, pois a lenha tem de entrar a compasso e arder no sitio certo
à porta do forno serve para ponto de encontro de conversas várias 
 a merenda puxa um copo e um sorriso de satisfação
 o forno agora pede "Rodo" o processo de espalhar as brasas por todo o espçao para que a quentura seja uniforme
 Há sempre mais um para de braços para ajudar 
 É a fase de arrebanhar e  juntar as brasa à porta do forno
 as mãos aquecem e o "cabo de ferro" do rodo que pesa
 trocam-se os braços e segue a limpeza
 e parece acordar a " Padeira de Aljubarrota" que há em cada forneira
 como que a desafiar: Venham eles!... E "eles" começam a aparecer e a forneira enforna a massa que há-de ser pão...

vamos ver na próxima postagem mais momentos ilustrativos que não devem perder.
Continua...

At Ento/ViverParambos

Sem comentários: