10 abril 2007

Páscoa em Parambos -2

Voltamos ao tema de Páscoa, pois ainda há muito a mostrar, do que foi o dia de Páscoa Em Parambos



Ficar à porta à espera que a visita acabe é uma tarefa dos guardiões da Cruz, quais sentinelas que guardam a passagem.




Dentro das casas a cruz vai rodando à volta da mesa central oferecendo-se aos crentes.



Os mais novos vivem estes momentos com um misto de curiosidade e de festa, pois a casa está cheia de gente.


Acabada uma casa passa-se a outra, é normal à frente do cortejo as pessoas correrem para chegar a tempo à próxima casa.

Assim, sem correr mas sempre em movimento o cortejo ai chegando a todas as casas com a Boa Nova.



As mesas estão neste dia particularmente alindadas, pois não é todos os dias que se recebe tal embaixada. Aqui pode ver-se o prato de frutas. Antigamente era usual por a oferta ( uma moeda) espetada sobre uma laranja e esta era levada juntamente com a moeda.



E assim o dia vai correndo ao ritmo do compasso.

Voltaremos a este assunto, não percas.
At Ento

8 comentários:

Helder Seixas disse...

Olá, entro só para dizer: FANTÁSTICO, as imagens valem mil palavras como se costuma dizer, saudações para todos, Helder

E-Bunny disse...

Caro amigo Atento,

é muito agradável perceber que a Visita Pascal em Parambos se assemelha tanto à da minha terra. Nós por cá ainda temos o costume de colocar a esmola em cima de uma laranja...mas agora a laranja fica..hehehe! É a fartura...
Lindíssimas as fotografias e interessantíssimo o post.
Muito obrigada meu amigo.

Saudações com amizade

E-Bunny

P.S. - o meu modesto post também já está disponível...mas realmente nem se compara!

Atento disse...

Olá cara amiga E-Bunny.
Sorte a tua, eu, particularmente, tenho um sonho que nunca realizei que era comer a laranja da Páscoa,(entenda-se a que estava sob a esmola no centro da mesa)da minha casa levevam-na sempre e os meus olhos seguiam-na calados a entrar no saco que o homem carragava.
Bendita fartura, actualmente já ninguém se dá ao trabalho de carregar uma laranja de cada casa, ele há tantas disponiveis.
Saudações com amizade.
At Ento.

E-Bunny disse...

Querido amigo Atento,

acredito realmente que essa laranja da Páscoa teria para ti um outro sabor...se a pudesses ter comido! Quando somos mais novos as pequenas coisas têm para nós uma outra dimensão e que, com o passar do tempo, acabamos por desvalorizar! Vale-nos a nossa memória e as sensações que guardamos da nossa infância!

Saudações com amizade

E-Bunny

P.S. - Mais uma vitória...mais uma alegria! Viva o Sporting!

Roberto Pinto disse...

Parabêns pelo BLOG, muito bom, bem conseguido e uma boa maneira de dar a conhecer Parambos, esta bela terra Sportinguista. Vamos à Taça, já é nossa!!

Raúl Figueiredo disse...

Não sou de Parambos, mas como diria
o Malato, já fui muito feliz nesta aldeia.
Sou de Pereiros de Ansiães, mas a
minha terra é todo o concelho de Carrazeda.
Adoro estas "paragens"onde sempre
que é possível,visito para matar
saudades.
Raúl Figueiredo

at ento disse...

Olá Raúl Fogueiredo.
Bem-vindo. Pereiros aqui tão perto e hoyve altura que o pessoal de Parambos ia lá a miúdo jogar a bola, gente boa, com fragas tão bonitas conmo as nossas.
É sempre bom recordarmos os sitios onde fomos felizes, ainda bem que nos encontraste neste cantinho verde de amizade.
Saudações amigas.
at ento

Anónimo disse...

Caro amigo,no futebol vocês estão bem organizados.O Verde é lindo.
(Moro a 5 minutos da "Catedral" do Sporting).
Em Pereiros, o futebol quase não existe. Os seus Craques estão espalhados por outros Mundos, nas mais diversas profissões.
Fragas, temos imensas e muito grandes e teimam em permanecer no
mesmo lugar onde "nasceram" há milhões de anos.
Um abraço. Raúl Figueiredo