22 maio 2007

Memórias da Nossa Gente.

Hoje vamos publicar esta foto que já tem uns anos para a podermos considerar já uma memória.
Podemos ver com atenção pessoas que já nos deixaram com a saudade que sentimos ao recordá-las. Que seja um momento de recordar a vida de quem a viveu connosco nesta comunidade de Parambos.
Será também um momento de (re)ver sorrisos e rostos que marcam um dia 24 de Agosto e um tempo de muitos que hoje se recordarão mais jovens. Por isso lhe chamamos memória e registo de um momento a recordar.


Para os mais atentos deixo um enigma: o que é que a foto identifica e que agora já lá não está?

At Ento

7 comentários:

helder Seixas disse...

Hora, o que não está lá parece ser apenas a placa que diz "café".
Tudo o resto estará para sempre na nossa memória.
Saudações a todos. Helder

Anónimo disse...

Boa noite a todos

E bem Atento, obrigado por este momento que me faz calor ao coração. Reconheci algumas pessoas que alteraram bem desde. Mas então para responder ao teu enigma, penso que é o cartaz CAFE que nós dériger vermes o café OASIS, que jà no existe.

Beijinhos para todas as pessoas de Parambos
Christina

Anónimo disse...

Olá Atento, realmente esta foto é muito antiga, só por curiosidade de que ano é?.... terá +/- 18 a 19 anos? dá-me ideia que também está a minha avô Dea e ela morreu acho que à 17 anos.
Um beijo
Sílvia

BM disse...

Esta foto foi tirada no dia 24 de Agosto do ano de 1990 representa a procição de S. Bartolomeu e identifica o café Oasis no ano da sua abertura.

Anónimo disse...

Recordamos aqui os nossos amigos que já partiram: Lidia, Monteiro e Alberto Mota Pinto

Anónimo disse...

bom dia a todos!
Este fotografia è muito antiga. Para responder a enigma es pessoas que ja nao estao ca sao : Lidia, Monteiro d'Arnal, o Vila real, a dona Candida Cardoso.
beijinhos a toda a minha familia.
Sandra Ribeiro ( com ajuda da minha mae)

Daniel disse...

Olá Atento,
O teu Baú de memórias sobre as gentes da nossa terra é o meu preferido...que saudades.
Tens fotos de Parambos com mais de 30 ou 40 anos ?
Adorava ver como eram nesse tempo as ruas, as casas, as pessoas...vou ficar atento às próximas fotos.
Inté,
Daniel