30 dezembro 2007

A FOGUEIRA DE NATAL DE PARAMBOS - 2


Hoje vamos voltar à Fogueira de Natal com novas imagens que revelam, a sua imponência do esforço da rapaziada e, a vontade de fazer com que a aldeia, na noite de Natal, tenha o seu luzeiro que guia os noitivagos que trazem a mensagem do nascimento e, que de porta em porta cantando ou apresentando os cumprimentos de Boas Festas cirandam pela aldeia.



Outra visão, esta subluime, da cor do fogo e da beleza do calor que se
adivinha. Valeu o esforço para ter esta sensação de dever cumprido para com o povo e a sua tradição, que o fogo nunca se extinga no coração dos HOMENS de BOA VONTADE, para que todos tenhámos mais calor para dar. A vida com calor tem outra cor.


Estes momentos chegaram-nos via e-mail, são belas imagens que todos vamos admirar com grato prazer, em qualquer lugar e vão aquecer os corações daqueles que não estando por cá agora têm uma visão da dita.

At Ento

6 comentários:

mm disse...

Bem haja quem se aqueceu na fogueira de Natal de Parambos e fez, assim, prevalecer a tradição.
Até arrisco a dizer que alguns "habitués" de outros anos, por pudor, não tenham sentido o gostinho quente da fogueira. Estou certo ou estou errado?
Uma entrada quentinha em 2008...

Mofina Mendes

at ento disse...

Olá MM - Mofina Mendes -
Pois quem por lá não apareceu, não sabe o calor que perdeu. Mas ela, Fogueira, lá esteve como sempre à espera, convidativa, como as imagens aliás demonstram bem.
Agora, que os ventos do Ano Novo tragam a chuva que os conterrâneos pedem para que o ano, agrícola, seja bom.
Saudações com amizade.
At ento

Helder Seixas disse...

Boas, sim esta é nossa fantastica fogueira, das melhores segundo sei do conselho.
Parabéns aos obreiros por manterem a tradição,
Grandes noites se passam em redor dela (ora se aquece a barriga ora se aquecem as costas, é preciso ir rodando!)até que a determinada altura já nos afastamos dela, pois as conversas animadas fazem sequecer o frio.

Saudações, helder Seixas

Marco Miranda disse...

Boas...

mais um ano mais uma tradição, espero que esta tradição tão linda, o de acender a fogueira de natal nunca acabe, porque é sempre bom o povo estar reunido no natal em volta da fogueira.

Um abraço a todos os visitantes do Blog Viver Parambos, Um bom ano 2008.

at ento disse...

Olá Hélder Seixas.
Foi mesmo a melhor, sem dúvida.
A fogueira é sempre uma saudade que se preenche nesta época depois de toda a azafama e muito trabalho voluntário da boa rapaziada.
Continuará a aquecer a noite e dar-lhe a luz que nesta época inunda, ou devia inundar, os corações e aasim libertar a alegria.
Saudações verdes com amizade e votos de um BOM ANO Leonino.
At Ento

at ento disse...

Olá Marco Miranda.
As tradições nunca acabam, quando vivem aconchegadas no coração do povo que lhe dá alma.
E enquanto a aldeia tiver RAPAZIADA com História e gosto de ser PARAMBOENSE nunca vai acabar, pois esta manifestação faz parte da nossa individualidade colectiva e temo-la na nossa imaginação desde nascença. Por isso será eterno o Fogo do Lenho do Natal.
Saudações verdes com amizade e votos de um BOM ANO para ti e para o "cronicas do passaro de corda"
At Ento