03 julho 2007

Enigma

Vamos hoje propor um enigma a quem conhece bem Parambos.
Fomos ao Baú e descobrimos esta foto
e pensamos que dá um bom enigma que é o seguinte:
Em que local de Parambos foi tirada esta foto?

Bom exercício de memória, vamos tentar? Se for difícil nós damos a resposta um dia destes.


At Ento

8 comentários:

Helder Seixas disse...

Boas, penso não estar enganado ao dizer que será no Fundo do Povo em frente à Pipa Velha, onde hoje o Sr. Altino Sousa faz armazéme anteriormente se encontrava a casa onde morou o Sr. Cândido.
Quanto ao "Patriota e desportista" penso que será o nosso amigo Avelino Moreira.
Saudações a todos, Helder Seixas

daniel disse...

Olá Atento,
Vamos lá ver se eu acerto: Esta foto foi tirada no local que é agora o armazém do Sr. Altino no fundo do povo. Acho que me lembro subir essas escadas para ver passar a Gincana de carros.
Inté,
Daniel

Daniel disse...

Olá Helder,
Desculpa lá eu ter dado o mesmo palpite, mas só depois de publicar o meu comentário é que reparei que tu já tinhas dito o mesmo. Se estiver certo dividimos o prémio.
Um abraço,
Daniel

Anónimo disse...

Boas e mesmo no lugar do fundo do povo nas escadas que eram do Sr. Candido e esposa que agora não me lembra o nome mas que bem conheci. Aqui nos sentavamos na nossa juventudo nas tardes e noites de verão aqui tambem se namoriscava eu próprio o fiz. O atleta da foto é o Linito. Grande movimento tinha o Fundo do Povo: As trocas de bola que ali se faziam em que o Sr. Eduardo (Maravilhas) não gostava e que tinha sempre uma navalha à mão para quando apanha-se a bola era uma vez uma bola, os grandes bailes de S. João e S. Pedro que ali se fizeram com o largo sempre cheio de gente a dançar ao toque da aparelhagem que se alugava ao S. Carlos Dias de Linhares e depois mais tarde já com a nossa que tinham comprado em que cada pessoa oferecia um disco para a nossa aparelhagem e que esse disco que oferecia gostava de houvir tocar nestes dias. Bons tempos tempos de amizade e espirito de união dos jovens com os mais velhos o que pelo que se está a ver se está a perder. Saudações.

Anónimo disse...

Ainda faltava esta: no fundo do povo ali se fez tambem um ano a festa de S. Bartolomeu. E o Grande tanque colectivo em pedra aonde as nossas gentes lavavam a roupa, hoje no mesmo local estão os tanque individuias com os tempos de hoje quase sem utilidade. Com aquela construção e com os tempos de hoje a decorrer como esta dava era ali implantado no edificio dos tanques um centro de juventudo com as novas tecnologias informáticas.

Atento disse...

Olá Meus caros bloguistas,Hélder Seixas, Daniel e Anónimo, passastes o teste, tendes boa memória, Parabéns de facto eram as escadas da casa do sr Cândido e da Silvina, era um bom poiso para estar ver a participar na acção que por ali se desenvolvia, como refere o caro anónimo das cenas das bola e dos incómodos que isso por vezes gerava.
Obrigados pelas vossas recordações, pois agora estão aqui e são um património nosso.
Saudações com amizade.
At ento

Anónimo disse...

Centro de juventude com novas técnologias informáticas ?
Dedixem-se lá dessas moderniçes e preservem o que melhor caracteriza as aldeias, se querem ajudar os jovens há que melhorar as infraestruturas desportivas criando condições para também os mais velhos cuidarem da saúde.

Anónimo disse...

Amigo anónimo esse problema das infraestruturas desportivas deve-se por é ao Clube local que não soube pesevar as infraestruturas que existem e as esta a deixar cair em estado de degradação. Quanto ao preservar os tanques paresse-me não conheceres o estado em que estão os tanques aquilo parece mais um local de amontuar de lixo. Quando as próprias pessoas que os utilizam não teem cuidado na limpeza da no que dá é que por vezes a água não lava tudo. Nesta cituação deve-se preservar o edifício e eliminar o amontuar de lixo é esta a minha opinião. Outras coisas mais importantes se deveriam preservar em Parambos e se destruiram.