22 fevereiro 2008

Do BAÚ das Memórias de Parambos


Hoje chegam-nos apontamentos do BAÚ e vejam a história que nos contam estas imagens de uns tempos em que todos eram bem mais novos a apanhados fora da aldeia.


Mas o tema era a Nossa Aldeia, PARAMBOS, é o que nos conta a imagem do mapa e da respectiva estrada, dá para ver.



As vindimas, era o motivo montado no carro


As pessoas que lá iam encenavam a faina das ditas vindimas, vindimando nas videiras ali "plantadas"



Os grafismos, desenhos, eram alusivos já ao produto final, o vinho, e baseava-se numa característica figura que ornamentava a parede de uma taberna, que era um homem deitado a beber directo da pipa
A participação num cortejo etnográfico em Carrazeda. Recordam-se?
At Ento

4 comentários:

Anónimo disse...

ola atento

nas fotos podremos coneces o tio da cristina do bairro e o meu tio manuel 'chico'

abraco com amizade
christina.

at ento disse...

Olá Christina.
Eram bastante mais novos, foi um dia muito motivador e eles iam muito animados, pois era festa e correu bem.
Saudações com amizade.
At Ento

Helder Seixas disse...

Boas,
Bons tempos em que se fazia o cortejo.
Cada vez vejo mais dificuldades em concentrar esforços (gentes) para o realizar.
Saudações
Helder Seixas

Blue Eyes disse...

Bons tempos em que o desfile etnográfico juntava todas as aldeias para uma grande festa...nesse tempo ainda havia gente. O tempo passa e são cada vez menos os que por essas terras habitam.
Obrigada pelo avivar da memória...ainda que nostálgica pelo passado que não volta.

Boa semana amigo.