06 fevereiro 2011

À Descoberta de Parambos

Há mais de 20 anos, comecei, juntamente com um grande amigo da freguesia de Parambos, a percorrer algumas aldeias e sítios pitorescos do concelho de Carrazeda de Ansiães. A vida deu muitas voltas, mas, nem eu, nem esse meu amigo de nome Li, perdemos o entusiasmo, a curiosidade, o gosto pela descoberta e o prazer de fotografar.
Na Sexta-feira passada regressei mais uma vez a Parambos. Quase ao fim da tarde, perdi-me a fotografar a luz rasante que cintilava por entre as folhas de oliveiras, ali para os lados a Fonte Nova. O vale do Tua foi-se cobrindo de sombras, mas a paisagem era magnífica.
Quando regressei ao centro da aldeia foi a simpatia das pessoas que me cativou. E, mesmo tratando-se de uma aldeia "muito verde", decidi retrata-la em tons de cinza. Dizem que a fotografia a preto e branco tem mais "alma". Estou em crer que sim.
Aníbal Gonçalves
Blogue: À Descoberta de Carrazeda de Ansiães 
 .....
At Ento

1 comentário:

Li Malheiro disse...

Olá Companheiro.
Que bela surpresa.
As boas caminhadas não têm fim, pois só caminha, com olhar atento, quem ama a paisagem total e a sua envolvente humana.
Foi deveras uma lição, boa, que aprendi contigo, soletrando os "Be À Ba" da escrita com luz, vulgo fotografia, a cada clic que mais tarde sairia, em papel, o resultado.
O resultado está hoje um pouco por aí, nas fotos que se vão publicando e trocando, mas aqui por este espaço é uma honra estar, mais agora com este teu toque, dessa visita recente, a tua visão tão pessoal e de amigo, que só pode maravilhar.
Gostei de te ver por aqui que a descoberta continue.
Abraço
Li Malheiro