18 setembro 2006

O cego, a mão e a "verdade" do futebol

Afinal por mais que se denunciem situações irregulares. Por mais investigações que se façam para abordar os factos. Pensa o povo que é para se fazer justiça? Eu queria querer que Sim. Mas afinal de contas de um dia para o outro ouvem-se vozes que queiramos ou não fazem opinião e que dizem? Que afinal as investigações do apito dourado são inuteis!!!?
Que vêmos? o Valentim Loureiro a continuar no poleiro. enquanto o outro Loureiro, que foi secretário do desporto (e não pode dizer que desconhece os meandros da Liga e da Federação, se foi secretário de estado para o desporto, que andou lá a fazer?) a não tomar o lugar. E vêmos que a cegueira continua a ser uma visão selectiva de alguns árbitros, juizes(?) de linha e treinadores. 1º o árbitro que esteve em Alvalade não vê a mão/braço que empurra a bola, os juizes também não, não convinha?. 2º o terinador do Paços diz que não viu porque estava a olhar para o outro lado, Acreditam? Eu também não, Mas este ao menos ressalva perante as camaras " se defacto foi com a mão devia ter sido anulado". Pois até tinha falado com o jogador em causa e ele disse que não teve intenção de jogar com o braço. Mas pasme-se, o jogador não sentiu. Diz ele que foi tão rápido que não sentiu a bola no Braço. Quando questionado sobre as palavras do seu treinador e da conversa que este tinha referido, que nada, que não tinha falado com ele , acreditam? Eu também não. Basta ver a sua piscadela de olho, que a televisão mostra, para o a sua equipe técnica, logo a seguir a cena do "golo" com o braço.
Conclusão:
É tudo gente séria. A verdade deles é um espanto. E pensar que esta gente tem ou vai ter filhos, como lhes passam as mensagens de boas práticas cívicas? como lhes explicam que a final a mão é proíbida de tocar na bola, e eles a verem a bola a entrar com a mão e os tais senhores a dizer que são coisas da bola. Por favor não embruteçam os vosso filhos. Como verão eles o futuro com estes exemplo? Tenham vergonha. Demitam-se das funções que ocupam, pois a verdade só pode ser uma:
A Verdade.

Atentamente
At Ento

2 comentários:

Anónimo disse...

Era uma vez um menino magricela que, entre correrias e já passada a linha branca da grande área, dava mergulhos na relva verde... pppprrrrriiiiiiiii... Penalty!
Lá vai mais um, pró galarim de Alvalade. Não, foi mesmo penalty! O adversário esqueceu-se de tirar dali a sombra e o magricela esbarrou nela.
Meus Senhores, tenham dó!
O Paços ganhou com um golo com o braço. O Verdão ganhou jogos com a astúcia do magricela. Qual foi o mais enganador?
Venha um árbitro e decida!!!
A culpa é do sistema, diria o ex-Presidente...

Atento disse...

Caro anónimo. Ben-vindo.
Por vezes o sistema tem as costas largas, mas os erros são sempre dos "homens" que dominam o sistema, sejam eles árbitros ou quem os nomeia com intenção, o apito dourado não apareceu por acaso, os casos existem pois até estão a ser investigados, a lei é que parece que se está a deixar ultrapassar, foi feita no tempo de Durão Barroso à medida de v loureiro... Há loureiros a mais no futebol
Atentamente
At Ento