11 setembro 2006

Tradições

Como etá descrito nos propósitos deste espaço, é para dar a conhecer ou falar de tradições que acontecem pelas nossas terras. Assim, hoje vou falar de uma tradição que os Ilustres Conterrâneos conhecem bem e se não a conhecem não sabem o que perdem. É uma tradição jovem que remonta aos finais de século passado e que é vivida intensamente na Aldeia de Parambos no dia 23 de Agosto.

Consta esta manifestação de pelo menos uma arruada do povo exorcizando o Diabo que anda à solta nessa noite e que não tem descanso pois os bombos não o deixam descansado.

Consta também de uma estreia mundial de um modelo de "t-shert" com imagem alusiva que todos os anos é executada a pensar neste evento, e que tem a particularidade de se esgotarem rápidamente, devido a limitação do modelos editados. Já consta que há colecionadores à cata de oportunidade de conseguir a colecção total. O modelo desdte ano foi baseado num modelo do Leonardo Da Vinc e que se ilustra ao lado.

Para além do descrito acima. Este ano Comissão de Festas achou por bem inovar a tradição e acrescentou uma escola convidada que, percorreu de foma brilhante, animada e colorida todas as ruas da Aldeia, aqueceu os espíritos diabólicos que nessa noite abundam na mente dos folgazões, dançando e batucando os tambores da sua banda, fazendo com que as suas plumas e juventude deixasse no ar uma aragem sensual e rítmica, que contagiou muitos, toda a aldeia, alimentando assim os sonhos e cimentando a tradição de que os folguedos são parte inalianável do viver das gentes de um lugar, neste o Nosso Verde Parambos.

Que viva por todo o Tempo com o nosso empenho e baseado nas tradições com vista a um futuro melhor.
Mesmo com a escola encerrada, mas este é assunto para outra intervenção.
Viva Parambos e 24 de Agosto Sempre Nosso.
Atentamente.
At Ento

9 comentários:

RL disse...

Olá
Gostei de ver a nossa tradição contada desta maneira e tão bem ilustrada. Foi defacto uma noite memorável, recomenda-se.
O motivo que ilustra, as já famosas camisolas, foi uma aposta muito feliz. um motivo com tal antiguidade está bem para a nossa tradição.E as meninas do Samba!...Claro. Pois foi uma noite e tanto.
um abraço para todos
RL

Anónimo disse...

Se há noite que tenha tradição, é mesmo esta! Já agora, espero que este blog se transforme rapidamente numa tradição para as gentes de Parambos!
Um abraço,

Atento disse...

olá caros RL e Anónimo
Todas as tradições começam assim num ano qualquer, a nossa já conta 11 bem festejados e vividos e com a inovação deste ano só pode ficar melhor.
O Sporting está na luta.
Vamos torcer.
Atentamente
At Ento

Anónimo disse...

A Noite dos bombos é linda mas é só nossa
- As Baianas são do Brasil e Carnaval,não tem ligação com as nossas tradições muito menos com a região.
Parabens pelos 11 anos (11 noites) bem passadas. vamos continuar sempre com o espirito de união, amizade, alegria, e leão.
Parambos sempre.

Atento disse...

Olá caro Anónimo.
Na nossa festa não há noite como esta. São 11 anos de tradição que se impõe, mas as tradições por vezes tem de inovar, dizem os jovens, mas os mais velhos adoraram ver a escola de samba, eram portuguesas.
Mas o espirito da noite mentém-se vivo e os bombos rufaram pela meia noite.
Parambos sempre.
Saudações. Atentamente.
At Ento.

Anónimo disse...

Eram Portuguesas é um facto; mas Samba é no Brazil, e Carnaval é em Fevereiro somos transmontanos e na nossa região não há baianas nem samba.
Porque não os Zingaros os caretos de Podence tem haver com a região.

Atento disse...

Olá Caro Anónimo.
A noite é sempre uma incógnita. Mas na Noite dos Bombos de Parambos, nestes 11 anos, já por lá passaram as duas bandas dos Zingaros de Carrazeda, os caretos ainda não, mas era uma boa sugestão para o próximo ano.
As festas são feitas para o Povo e o Povo gosta de surpresas e os responsáveis deste ano quizeram inovar. Eu estive lá, e vi festas até às tantas e a três tons, Pica, samba, Bombos, e pica e muita animação. Melhor era impossivel.
Mas os caretos é uma optima ideia, vamos sugerir à comissão?
Saudações.
Atentamente. At Ento

mmm disse...

Estou de acordo com o amigo Anonimo.
Parambos não é o Brazil.
Somos Tansmontanos e nos temos coisas melhores.
A comissão de festas que tenha orgulho na região e que tente procurar e continuar a dar brilho à noite dos bombos com as tradições que são nossas é verdade porque não os Caretos de Podence como já foi referido, os nossos Zingaros.....

Atento disse...

Olá MMM.
Esperamos que a Comissão de Festas seja nossa visita e tome nota desta boa ideia, dos Caretos de Podence.
Saudações.
Atentamente.
At Ento