14 janeiro 2007

Património Paisagístico de Parambos, O CABEÇO

Andamos a recordar, falando dos sítios e das fragas. Hoje vamos ao CABEÇO
As fragas são para nós pedras que falam, que têm histórias para contar e que nós as entendemos assim no nosso crescer colectivo.
Sendo assim hoje vou deixar aqui registado o passeio de amigos numa visita ao Cabeço.
Este sitio é um bom lugar para receber os amigos e daqui admirar a paisagem que dali se avista.
Reviver as brincadeiras de outrora à volta do Escorrega, do Túnel debaixo da pedra grande, do subir à Pedra da Bandeira,(onde antes se anunciava a festa colocando uma vara com uma bandeira vermelha) ou a Pedra Que Chora, eram consideradas bentas as gotas que ali se apanhavam no dia de Pentecostes. Sentar na Cadeira da Senhora de Conceição que por ali andou e, ao sentar-se para descançar a pedra ganhou forma de assento, onde cada um se sente tão bem que parece que está talhada à sua medida.
Pedra Bolideira, ou a marca do cavalo que na sua fuga saltou dali para Além Tua, das várias marcas que por lá se encontram e que associam ligadas as tarefas da feitura do queijo. Ou o simples jogo de esconde esconde que ali tem um cenário ideal.
Falar disto é manter viva a tradição do lugar que é um dos nossos melhores miradouro.

Foi grato ver que ultrapassamos as três mil visitas.
Estamos todos de Parabéns.
Atentamente.
At Ento




17 comentários:

Anónimo disse...

Olá At ento,
mostras mesmo que estás atento. O Blogue viverParambos nasceu na mesma altura que o meu(um pouco antes). Com ele vou DESCOBRINDO novas vertentes da aldeia repletas da sensibilidade que felizmente te conheço.
Com notícia ou sem notícia há quase 20 anos que estivemos juntos na ponte de Abreiro, no santuário da Santa Cecília, na queda de água do Síbio, junto do último habitante da Quinta do Pobre, na Cabreira, no Castanheiro, no S. Lourenço...
A descoberta é a nossa vida. Que bom que assim nos mantemos...

Aquele abraço.

Atento disse...

Olá caro amigo Xo_oX.
Como o tempo passa, ainda bem que deixa marcas. Este blog tem defacto, apenas, umas duas horas de antecipação ao teu, e tú sabes bem como eu ambicionava criar este espaço, e depois de muitos Uffffas! consegui. Embora de âmbito local e localizado em Parambos, temos chegados aos conterraneos imigrados e temos conseguido que neste lugar se troquem mensagens, se revivam os tempos e também alguma (pouca) intervenção cívica.
Caminhar com quem sabe aprende-se sempre mais um pouco, pois só descobre quem procura. Vamos pois continuar a caminhada, agora virtual, visitando os sitio que cada um visita através das janelas blog.
Saudações e aquele abraço com amizade.
Atementamente.
At Ento

sofia m disse...

Parabéns pelas 3000 visitas!
Quando andava na primária, chegávamos a festejar o "Dia do Cabeço". Não havia aula e íamos todos gastar as calças para o escorrega, que era enorme para nós. Havia uma certa aura naquele lugar, que vinha das historias e historietas que nos contavam, e que hoje me parece aconchegante manter.
Um abraço.

Anónimo disse...

Ola At Ento,
o Cabeço sem dúvida que tem uma das mais bonitas paisagens, mas para mim é impossivel falar nele sem me lembrar dos magustos que lá se faziam.
Cumprimentos.
Sílvia Moura

Atento disse...

Olá Sofia M.
Estamos todos de parabéns por este espaço estar a fazer o seu caminho, naturalmente como quem cresce mas, recordando sempre os pequenas nadas que fazem as grandes coisas que é a história de cada um e que por aqui revivemos com todos. Precisa-se urgentemente de um DIA DO CABEÇO para valorizar este espaço, que em boa hora "Os Rapazes" mostraram que o caminho podia chagar até ali.
Histórias que nunca mais acabam, o cenário continua a nossa espera.
Saudações com amizade.
Atentamente.
At Ento

Atento disse...

Olá Sílvia Moura.
O cabeço continua lindo, só perde quem lá não aparece. Mas essa dos magusto já pertence ao passado. Pois as leis impõem que não se faça fogo, sabias? é tinhamos de pedir licença e chamar os bombeiros, etc. etc., e sem fogo não há castanhas que assem.
Saudações com amizade.
atentamente.
At Ento

Anónimo disse...

bsr a vous tous

Félicitation pour les 3000 visites du blog, continué à nous embelir avec les photos de notre petit village qui est et sera toujours Parambos.
Cet endroit est magnifique et surtout l endroit de notre sainte. Il me fait rappeller à tout les moments uniques que j'ai pu passer à cet endroit.
Bisous à tout le monde de Parambos et pour mon fils un grand grand bisous sans oublier son pére.

A bientot
Christina du 93 (France)

Blue Eyes disse...

Esse senhor que aparece nas fotos...não és tu é o outro...não é de Belver?!

Atento disse...

Olá Blue Eyes.
Nas fotografias, do Cabeço, em Parambos, só estão amigos: o Jorge de Belver, e sua família e o nosso conterrâneo e fornecedor de fotos, o Li Malheiro.
Tambem estás atenta a estes pequenos pormenores. Já reparas-te que o Blog "o melhor do Mundo" faz parte das nossas recomendações?.
Saudações com amizade.
Atentamente.
At Ento

Atento disse...

Ola Christina.
O Viver Parambos esta a caminhar bem e temos muito boa companhia em todas as visitas que teve, 3 mil é um número que nos orgulha. Estamos todos de parabéns.
Vamos continuar pois Parambos merece.
Saudações. Atentamente.
At Ento

Lektor disse...

Se há coisa que Parambos tem e que mais nenhuma terra terá, são os pôr-do-sol vistos do cabeço. Aproveito para felicitar,mais uma vez, o autor(a) deste espaço pelas mais de 3000 visitas. Os cibernautas de Parambos agradecem.

Um abraço amigo,

Lektor

Atento disse...

Olá Lektor.
AH! É esplendoroso os momentos em que o sol ao deitar-se se despede sa nossa aldeia, escondendo-se por trás do Marão. É magnifico. e se o referes é porque és um bom obsevador e costumas ir lá apreciar. Tens bom gosto. havemos de um dia destes descobrir umas fotos de um momento desses.
De resto assumimos com naturalidade, mas cheios de alegria, o chegarmos aos 3 mil visitas em cinco meses, só prova que estavamos mesmo a pedir este espaço. Autores todos o somos quando aqui escrevemos, continuamos a contar contigo.
Saudações verdes com aquele abraço e a amizade de sempre.
Atentamente.
At Ento

ju disse...

3000 é uma bonita conta. como apagar tanta vela, me parece damasiado, resta-me desejar
que continuemos todos a contar e quer-me parecer que estamos todos de parabéns, pela ,oportunidade de trocar impressões e estar a par dos progressos e novidades.

Atento disse...

Olá JU. Bem Vinda
Cabe-te também apagar uma vela, pois elas são de todos os que nos vistam, e deixam a sua palavra, que é sempre muito importante e um motivo de orgulho, para nós que gostamos de estar aqui com o espirito de Parambos.
E as palavras são como as cerejas.
Um abraço com amizade.
Atentamente.
At Ento

Anónimo disse...

Agora sim o cabeço parece estar a tumar um rumo parabens à Junta de Freguesia e seus eleitos que estão a tentar tudo fazer para dar aquelo belo lugar um lugar de bem estar e de lazer com a abertura e arranjo do caminho ao automovel conseguiu por este lugar mais perto da aldeia, segundo se consta pela nossa aldeia a pequena capelinha em memória da senhora da Assunção, segundo a vontade da Junta irá ser construida ainda no decorrer deste ano.
Posto isto vamos todos juntos tentar por o nosso cabeço no mapa das antiguidades e tradições do passado em vamos fazer a festa do Cabeço em que no passado nesse dia se juntava a população e se faziam grandes convivios neste lugar. Era o dia do cabeço em Parambos na fraga do escorregadouro nesse dia lá ficavam as calças rotas escorregava-se sentado em cima de um apanhado de giestas e no pequeno deslise lá se iam as calças. belos tempos.
Esta nossa juventude de agora não sabe o que era bom agora só ligam a jogos de computador nem sabem brincar.
Vamos todos juntos rebuscar o passado do cabeço e vamos dar a este lugar com suas belas paisagens um lugar digno que já o é. "O TEMPO VOLTA PARA TRAZ"

Anónimo disse...

Amigo anonimo fasso minhas as tuas palavras quanto ao nosso Lugar do Cabeço parabens à Junta de Freguesia. Acho que Parambos poderia e muito bem ter duas festas no ano além do nosso S. Bartolomeu pode tambem ter a festa do cabeço.Vamos relansar esta iniciativa e vamos todos os Paramboenses residentes e não residentes relembrar as festas do passado no lugar que agora é de todos nos "O LUGAR DO CABEÇO"

Atento disse...

Olá Caros Anónimos.
O Cabeço está ligado a uma época de juventude, de outros tempos. Hoje os mais novos já não se sentem tão ligados a ele. Não romperam lá os fundilhos das calças como nós. E o dia do Cabeço foi sempre mais da canalha, até a D. Maria dispensava meia tarde de estudo para deixar os miudos ir lá. Outros tempos fortam também as tardes de tainadas à base frango assado e umas cervejolas até o por de sol. Hoje não se pode acender ali o lume... Mas é um dos melhores pontos para ver Parambos e os horizontes que são largos.
O Cabeço basta estar lá os que gostam do sitio lá aparecem e ficam a ganhar.Atentamente. At Ento