03 fevereiro 2007

Do Baú das Memórias. Parambos

Hoje vamos deixar um desafio.
Estes momentos reportam-se a quê, onde e porquê e quem é quem?
Vamos ver quem tem memória. Comentem.















































Atentamente
At Ento

14 comentários:

Anónimo disse...

embora não estivesse presente, não tenho grandes dúvidas que estas imagens se reportam `descoberta do "tesouro".
Lindas moedas...
Espero que tenham feito bom proveito a quem as encontrou e também a quem conseguiu adquiri-las por tuta e meia.

Anónimo disse...

ola a todos

Et oui cela a été un grand moment a Parambos.
Le jour de cette recherche de médailles.
!!!tres belles aussi ( en plus elles sont sortir d'une maison de notre village qui est trés ancienne
bises a tous
christina

Anónimo disse...

Só foi pena lá não ter estado lá...
para tirar fotografia, claro!!!

Anónimo disse...

Pois é as moedas de ouro descobertas em Parambos no mês de Agosto do ano de 1990 o peneirar da terra com o chucalhar das muedas na rede da criva bons momentos.Saudações do grande amigo eterno Filipe aqui presente na fotografia. Paz à sua alma.

Anónimo disse...

Parambos, Noite por valta de 20 de Agosto de 1990 em busca do tesouro perdido com os piratas intervenientes: Linito. Manuel Carlos, João Fernando, Dinis, Filipe, Beto, Eduardo, Maria Alice, S. Teresa (raposa)e outros cada um com o que tinha à mão uma moeda aqui, outra ali.

daniel disse...

Foi um dia que fica para a história de Parambos e da minha vida também. Andava eu e o Rui Lima de bicicleta no povo, quando passa o João Lima e nos diz que estavam a aparecer moedas no junto ao cemitério...e lá fomos nós a todo o gas em busca do tesouro...no inicio tudo estava muito calmo..mas à medida que elas iam aparecendo a ganância aumentava e quando saltava uma moeda havia empurrões e luta pela moeda. Até que tivemos de nos organizar e trabalhar em equipa e assim repartir os lucros das moedas encontradas, que na altura pensavamos ser muito (apróx. 5 contos cada) mas mais tarde descobrimos que valiam muito mais...houve muitos mafiosos dos quais eu não vou dizer o nome...que se encostavam por detrás de quem andava a escavar e depois metia a mão quando elas apareciam...essas mesmas pessoas conseguiram comprar muitas moedas por um valor falso e agora devem ter uma colecção enorme em casa.

Inté
Daniel

daniel disse...

Veio-me à memória outro episódio caricato de pura ganância...o Sr. "Kamon" apareçeu no cemitério com a carrinha de caixa aberta e com o empregado munidos de pá e carregaram o aterro onde estavam as moedas na carrinha para levar para casa...o ouro altera completamente o comportamento humano e não existem barreiras para o conseguir...

Inté
Daniel

mmm disse...

Em busca do tesouro desperdicado
Já em criança se falava no pote das moedas que estavam metidas num buraco da parede demolida da casa ao lado da igreja. Passamos algumas vezes com um gupo de amigos à procura nessa casa do tesouro que nunca chegamos a encontrar vindo-se a espalhar ao longo do caminho do cemiterio e amontuando-se em aterro junto do mesmo. nessa mesma noite farteime de revirar a terra mas nada encontrei.

Anónimo disse...

E verdade Daniel assa do okei/kamon era a ganancia so queria para ele. Falas aqui do grande amigo Rui Lima e lá fostens tu e ele em busca do tesoura ainda achastens alguma moedas só que na altura vós acho que com uns 16 anos não vos apercebestens do valor das moedas e fostens vendelas ai na aldeia tal como outros por um valor simbólico de 5000$00. bons tempos.

Linito disse...

Foi um momento digno de se ver e aproveito, por isso, para corrigir um comentário anterior. Eu não estava presente e acabei por perder um dos momentos que ficará na história de Parambos.
Cumprimentos Sportinguistas,

Linito

Anónimo disse...

É verdade Linito peço desculpa o da foto que me parecias tu é um moço das Areias que casou em Parambos com a Fernanda Miranda.
Um abraço.

Anónimo disse...

é melhor analisar bem a fotografia, pois a Fernanda Miranda não casou com nenhum moço das Areias, mas sim de Carrazeda (Monteiro), quiçã seria o Dono das MOEDAS...Buuuuuummmmm.....MEDO,MUITO MEDO.....

Anónimo disse...

É verdade quem casou nas Areias foi a Ana Lucia o da foto é sim o marido da Fernanda e é da Carrazeda.

Anónimo disse...

je me rappelle de cet journeé la.
tout ses jeunes qui partais a la recherche de l'or,mais etait pluse un amusement que autre chose.
a la fin de cette action que s etait de l'argent.
mais je vaudrais vous dire se mais meilleurs vacances que j ai passe dans se village.a chaque annee.....