08 fevereiro 2007

Parambos - o Padroeiro e a sua Casa,

O Padroeiro de Parambos e a sua casa, a Igreja paroquial.


S. Bartolomeu dá-nos a boas vindas à frente da entrada principal. Pode-se admirar a frente da igreja na sua imponência arquitectónica com um toque sóbrio e distinto e a muito elegante torre sineira. Podemos ver o cimento que, agora, tapa o fosso que sempre existiu e que alguém "inspirado" mandou atulhar


S. Bartolomeu agora chama-nos a atenção para a pedra, marca de eternidade. Realça o enquadramento da belíssima porta de madeira maciça e trabalhada. As cruzes homenageiam dois sacerdotes que estão ligados às beneficiação que se fizeram à muito tempo.


S. Bartolomeu destaca a mensagem inscrita na pedra do topo da porta, onde se pode ver o nome do pároco, António de Souza Pinto, que realizou as referidas melhorias e a data das mesmas. 1745


Aqui, o padroeiro, realça a lateral da igreja e a sua brancura que se impôem no conjunto habitacional onde a pedra é que reina.


A entrada lateral da Igreja. Muito elegante e igualmente sóbria.

Aqui o santo está todo vaidoso frente à mancha verde da Tília, árvore que tem à volta de 75 anos, sempre pronta a acolher à sua sombra fresca quem quiser usufruir da melhor vista sobre a aldeia e mais além.

Aqui o santo entrou na sua casa e quis mostrar a sua nave de talha dourada, na companhia do amigo Nuno que diligentemente o ajudou na deslocação pelo perímetro da sua casa, neste passeio, que esperamos vos agrade.


Atentamente.
At Ento

16 comentários:

Anónimo disse...

Boa noita a todos. Queria mandar um beijo grande ao meu primihno Nuno. Ele esta mesmo bem na fotografia!!!Beijinhos para toda a minha familia. Sandra (frança)

Atento disse...

Olá Sandra.
O teu primo fixe! ele está sempre bem em todo o lado é um bom Paramboense.
Ainda bem que gostas desta página do nosso padroeiro, ele também gostou de andar a passear para ficar na fotografia.
Saudações para todos vós.
Atentamente. At Ento

Helder Seixas disse...

Muito mais haverá para dizer do Padroeiro e da Igreja, mas teriamos conversa para dias e dias.
No entanto saliento a asneira do fosso em cimento, que devia manter as caracteristicas primitivas, mas um dia lá chegaremos(à sua rectificação), espero.
cumprimentos para a sandra, Mónica, Céu e João, também para a Flora e a sua menina, Helder

Anónimo disse...

Já que o Santo saiu para mostrar por fora a Igreja que mostre por dentro as obras que tanta falta fazem na nossa igreja, precisamos de força de vontade e também bastante dinheiro,e se ele jogasse no Euromilhões....Não vá o tecto cair-nos em cima.

E-Bunny disse...

Olá Atento.
Pelos vistos post's interessantes são frequentes neste blog....sem dúvida alguma o passeio, apesar de curto, é bem agradável. Principalmente, sob a sombra da Tília (bem linda)!
Parabéns...está excelente!
Cada vez estou com mais vontade de conhecer a bela aldeia de Parambos.
Obrigada por partilhares connosco estas belas fotos!
Saudações verdes (como a Tília). Até breve.
P.S. - o nosso amigo bloguista Google está mesmo a pedir resposta!

Anónimo disse...

bonjour à tous

elle es tres belle l eglise de parambos et tres bien entretenu par des personnes en benevoles
je les remerci pour tout le travaille effectuer.
et a vous aussi atento pour votre blog.
Que le saint Bartélémy garde tout les habitants de parambos en tres bonne santé mais que surtout apporte beaucoup de bonheur a Parambos et a tout ce qui l entoure
que dieu vous garde tous en bonne sante
Christina 93

ps. beijinhos para o meu primo y mia familia (papa kevin e todo o resto) Morgane alias ronaldinha

Anónimo disse...

O fosso em cimento e o menos mal pior dos piores é o berrante amontoar de latas qie está mesmo ao lado desta tão bela igreja (o berrante coreto).Pois é o cimento do boraco então e a corrente pior ainda.
Deviamo-nos sim era preocupar não com o fosso mas sim em colocar naquela entrada uns simples portões, não uns portões de uma quinta mas sim uns portões aí com uns 90 cm a 1 m de altura e ainda a vedação da saida para o cemitério para assim de uma vez por todas se deixar o estacionamento dentro do adro e acabar de vez com a balburdia que é à vota da igreja no mês de Agosto. Esta é a minha opinião.
Viva o nosso padroeiro S. Bartolomeu

mmm disse...

Jé se falou aqui tanto da igreje, do exterior,interior,da arte sacra e agora do Padroeiro. Pois é algumas criticas criticar é facil dificil é fazer. Falam falam mas a instalação da Comissão da Fabrica de Igreja de S. Bartolomeu não existe já por várias vezes o Paroco local fez várias tentativas para a sua instalação e ninguém quer assumir havia uma pessoa que assumia mais uma vez e muito bem porque é de louvar o seu trabalho feito e que está à vista só não vê quem não quer ver só que é preciso apresentar contas e até á data ninguem apareceu porquê? Por isso nesta altura a nossa belissima Igreja é uma casa sem governo. Muito mais fica por dizer, fica para os curiosos......

Anónimo disse...

Esqueciame de um pequeno pormenor: à pessoas que só olham para o chão e então aquele ferro que esta ao lado da cruz no campanário da Igreja, segundo sei aquilo em tempos era um apara-raios que foi ali colocado na altura da instalação do oferecido relogio que agora só funciona quando alguem se lembra de lhe dar corda. Já me esquecia o dito apara-rais esta obsoleto agora é um simbolo do campanário e das fotos do alçado da igreja deixalo estar não vá alguem notar um dia ao tirar uma foto que falta ali qualquer coisa. Enfim.......

vice versa disse...

Isto é que é um padroeiro simpático! Quanto aos coretos (a que o fotógrafo nos poupou), são mesmo muito feios, mas acredito que tenham sido feitos com muito boa vontade e muito pouco dinheiro. Em alguns sítios, usam palcos móveis (custam mais de dez mil euros). Estes têm a vantagem de poderem ser montados onde for preciso (também é preciso quem os monte, claro) e até podem ser partilhados por mais do que uma aldeia, desde que as respectivas festas não coincidam. Quando não são precisos, também não estorvam a vista.
Cumprimentos ao Santo!

daniel disse...

Como dizem e muito bem criticar é fácil, mas eu diria mais, criticar e ocultar a idêntificação é ainda muito mais fácil...aproveito para fazer mais um reparo...Cristina por favor não chames nomes ao nosso Padroeiro..."Bartélémy" ??? parece nome de gaja....o nosso é Bartolomeu e seja em que lingua for não muda de nome.

Cumprimentos a todos e bom fim de semana.

Inté,
Daniel

JLC disse...

É verdade amigo Daniel e quem é esse Atento que indirectamente por vezes vai criticando e que não se identifica porquê?

Blue Eyes disse...

Passei só para desejar um bom fim-de-semana ao Atento e a todos os seus assíduos visitantes e comentadores.
Saudações transmontanas a partir de Coimbra

Lektor disse...

Com este post, ainda que indirectamente, o nosso Blogista Atento conseguiu dar mais um passo no crescimento do Blog de Parambos: introduziu a polémica saudável, o confronto de ideias. É sinal que Parambos mexe. Já agora, também acho que a solução original da entrada do Adro ainda é a melhor. E o Coreto, claro que foi feito com muita boa vontade e esforço, mas "visto de longe", destoa.
Viva o nosso padroeiro, viva Parambos.
Lektor.

Helder Seixas disse...

Boas, um abraço de amizade para o "Atento", um desafio para os participantes e visitantes: passem o endereço do Blog a pelo menos mais um/a amigo/a durante a próxima semana everemos o numero de visitantes disparar!!
Ao jlc direi que "Atento" ou "jlc" para mim ambos serão tidos como anónimos pois não identifico qualquer deles pelas iniciais.
beijinho para a nossa "Ronaldinha", Helder

Atento disse...

Atentos temos sido todo nós que mantemos este espaço abertos a todos e queremos que todos se sintam bem aqui e ATENTOS. Criticar não é assim tão fácil e é tão importante, muito mais do que nada dizer, criticar com elevação é uma forma de não cometermos o mesmo erro duas vezes e que seria de nós se só dissessemos amém. Até quando discutimos o Sporting, que todos adoramos, por vezes temos pontos de vista diferentes sobre um jogador... Somos pessoas, "vemos ouvimos e lemos não podemos ignorar" ainda bem que agora nos encontramos aqui para conversarmos sobre coisas tão importantes como é o que diz respeito a PARAMBOS, pois esta aldeia há-de ficar para além de nós, que fique com referências que a todos nos orgulhem e que os vindouros se identifiquem com ela.
Saudações.
Atentamente.
At Ento