15 novembro 2007

Um oLá do outro lado do Atlântico para Parambos

Recebemos um olá do outro lado do Atlântico com palavras e imagens que passamos a transcrever e mostrar. É uma homenagens aos nossos conterrâneos que no Brasil mantêm viva a Aldeia de PARAMBOS, com as nossas saudações amigas, especialmente para "tio" Carlos ilustre descendente de Luísa Capitoa da Rua dos Quinteiros.


"Estou mandando algumas fotos, Um abraço a todos e parabéns pelo m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o trabalho.
Ana Maria.



Na 1ª dos meus tios Albertina e Carlos Sampaio com seus filhos Izilda e Alcino foto tirada em 12/02/1995 nos 50 anos de casamento.O tio Carlos é irmão da Srª Maria Erminia



As outras são do Cabeço, (vocês devem conhecer a história da pedra), eu as tirei quando estive aí em Setembro de 1991.


Quando eu voltar a Portugal só vou ficar por aí.




Eu fiquei encantada com as lindas fotos que há, e a paisagem, que maravilha, nem minha mãe sabia desses lugares. "
É de ficar maravilhado com este momento, até dá apetite de voltar.
At Ento

9 comentários:

JP disse...

Parabens caros amigos conterrâneos como vêem a nossa terra Parambos é linda como ela não há igual é das terras mais lindas deste nosso Portugal. Voltem sempre que possam que serão sempre muito bem recebidos. Um abraço para todos os nossos conterrâneos aí por terras de Vera Cruz (Brasil). Parambos espera pela visita de todos vós.

E-Bunny disse...

Querido amigo Atento,

Não pude resistir à expressão "Quando eu voltar a Portugal só vou ficar por aí."...
Que não seja preciso sair do nosso querido país para ter vontade de voltar e ficar! Abreviemos a vontade do regresso, que nos impõe a saudade, e brindemos todos os dias esta pátria que nos acolhe sem cobranças.

Saudações patriotas

E-Bunny

Lektor disse...

O "nosso" Blog está a crescer.

at ento disse...

Olá caro Lektor.
Depois de nascer há que crescer e é humana a ambição de chegar a todo o mundo está na génese.
Saudações com amizade.
At Ento

at ento disse...

Olá Cara amiga E-Bunny.
É profundo o teu destaque e revela o sentido pátrio que nos torna lusos da Ibéria à beira mar plantado. que a máxima de Fernando pessoa nos inspire, e inspira quem está longe, "...a minha Pátria é a Língua Portuguesa..." e assim se fez Portugal em todos os Continentes e se espalhou o sentimento Saudade.
Por falar em saudades, já as sentíamos por cá, das tuas intervenções neste verde espaço.
As nossas saudações com amizade.
At Ento

at ento disse...

Olá Caro JP.
Belas são as tuas palavras para os nossos conterrâneos.
Nós não diríamos melhor.
É bom sentir que Parambos é uma referência mesmo para quem está longe.
Saudações com amizade.
At Ento

Helder Seixas disse...

Boas,
e sejam bem vindos sempre.
participem mais vezes com noticias e fotos para que os laços se fortaleçam entre as nossas gentes.
Saudações Leoninas,
Helder Seixas

Anónimo disse...

É uma boa surpresa ver que o blog chega tão longe e aviva tão boas memórias!

Anónimo disse...

Finalmente descobri as fotos onde está a minha tia Albertina e família.
Gostei muito!
Não era muito dada a estas andanças...
Clarinda